quarta-feira, julho 15, 2009

Herói (dedicado)

Vem ele lá, pronto pra me salvar
O brilho ascendente, impossível me enganar
É ele sim, olha ele lá
Meu doce herói, vindo pra cá

Vem queimando minha noite sombria
Toda noite agora é dia
Me fazendo flutuar, borbulhar
Toda dor darar, daqui escapar

É difícil, mas é real
Distorcido as vezes, não faz mal
No nosso mundo a gente manda
vem amor, vem, anda

NÓS fazemos o nosso destino
Interferê ncias a parte, nosso amor é divino
Me deslumbro em sua auréola a brilhar
Somos um só, nos separar é nos matar .


. Caio Fernandes .

4 comentários:

  1. isso está tão meloso, mas está bonito *-*

    ResponderExcluir
  2. Carã... Muito phodan... adorey *--*

    ResponderExcluir
  3. ooooooooooooount, gente. AAAAAAAAAAAAAHHHHHHH, *-* um dia eu vou poder fazer um texto desses. Não um texto de alto-ajuda, ou um texto de conselhos sobre sentimentos platônicos que eu faço. Mas um texto de amor. Ficou lindo s2*

    ResponderExcluir
  4. Bonito!!Gostei do seu blog!De uma olhada no meu axo que vai gostar!!!

    ResponderExcluir